quinta-feira, 23 de abril de 2009

Música Medieval e Renascentista na escola!

O Grupo SUBTILIOR- Grupo de Música Medieval e Renascentista realizou cinco apresentações em escolas da Rede Pública Municipal.

Esse projeto foi aprovado pelo Fundo Municipal de Cultura e contou com o apoio da SEME/Multimeios.

O grupo é formado por Douglas Marques (diretor e músico), Afonso Éder (Tenor), Maurênio Bonfim (Tenor e Flautista) e Renan Pereira (Barítono e Derbakista).

A experiência foi maravilhosa! Estamos torcendo para que mais projetos como esses sejam aprovados e cheguem de presente para todos os nossos alunos.

Em nome da SEME, agradecemos à Douglas Marques e seu grupo Subtilior. Nosso muito obrigado também ao Sistema Municipal de Cultura, que já se tornou uma realidade em nossa cidade.

Um pouco sobre o Grupo:

O Ensemble Subtilior se propõe a resgatar um estilo pouco difundido nos
meios de comunicação, mas que encerram um conteúdo de riqueza incontestável.
Trata-se de música medieval e renascentista com obras produzidas no mundo ocidental nos séculos XI ao XVII.
O grupo utiliza instrumentos musicais autênticos compondo-se de percussão, flauta doce, alaúde e canto.
Os concertos do grupo trazem ao público composições de extrema delicadeza e refinamento musical.
Muitas vezes, ao se refletir no legado musical que estamos deixando para a juventude, não raro concluímos que o conteúdo estético e sócio cultural tende a se mostrar empobrecido. Assim sendo, os concertos buscam um resgate das verdadeiras proporções do ser humano, sem recursos eletrônicos e fortes apelos ao “grandioso”.
Será que precisamos de sons cada vez mais estridentes e televisões cada vez maiores?
Nossa percepção dos conceitos musicais ficou seriamente debilitada ao longo das ultimas décadas da história universal. É em vista disso que buscamos propor esta apresentação, convidando o público a se interessar pelo delicado, pelo belo e pelo ser humano em sua essência.
Repertório:
1-Ut que ant laxis (Guido Dàrezzo séc. XI)
2-Splendens Ceptigera (Livro vermelho de Monserat séc. XIV, Espanha)
3-Une foys avant (Buxheimer séc. XV)
4- A la Villa Voy (cancionero D`Elvas séc.XV/ XVI)
5- Que he o que vejo (cancionero D`Elvas séc.XV/ XVI)
6- Ostinato Vo`Seguire (Bartolomeo Trombontino Séc. XVI)
7-Que sentis coraçon mio (cancionero D`Elvas séc.XV/ XVI)
8-Lamento di Tristano (Anônimo séc. XIV)
9- Já não podeis ser contentes (cancionero D`Elvas séc.XV/ XVI)
10- Estampie (França séc XIV)
11- Cantiga de loor (Afonso X, o sábio séc XIII)

Douglas Marques.

Um comentário:

  1. Esse grupo é realmente show!!! O som do alaúde, da flauta e das vozes maravilhosas que eles têm formam um conjunto perfeito!

    ResponderExcluir